conheça as características das principais linguagens do universo dos jogos.

Uma das principais dúvidas entre os entusiastas da programação é por qual linguagem deve-se iniciar os estudos. A verdade é que diante de tantas opções, a linguagem que você escolher para estudar precisa ser adequada aos seus objetivos pessoais e à carreira profissional. Por isso, se você se interessa pelo mundo dos games, é necessário estar atento e perceber as diferentes nuances de cada linguagem. Aqui nós explicamos quais são as principais linguagens usadas do desenvolvimento de jogos e quais são as suas características. Confira.

Java

Criada há quase 25 anos, a linguagem Java é considerada uma das mais tradicionais da programação, o que a torna extremamente usual entre os desenvolvedores ao redor do mundo. Multiplataforma, essa linguagem é orientada para objetos e funciona bem em apps desenvolvidos para o sistema Android ou em aplicações para o Windows, características que a transformam em uma ótima opção para desenvolver projetos voltados para ambos os sistemas. Ainda, essa linguagem é amplamente conhecida pela sua portabilidade, ou seja, sua extrema facilidade para se adaptar a diversos dispositivos e sistemas.

Muito utilizada em sua versão web na última década, o Java vem conquistando espaço entre os apps mobile. Normalmente, é empregada para animar elementos que são atualizados em tempo real, como mapas ou animações 2D/3D, por exemplo. Devido à sua larga usabilidade, é uma linguagem interessante para começar os estudos e aumentar o seu repertório de programação. Dominar o Java pode ser uma alternativa interessante para criar aplicações ou games mais simples, porém extremamente funcionais.

Python

A linguagem Python é marcada pela facilidade de seu aprendizado, mas também reúne uma capacidade notável quando utilizada para proporcionar resultados sofisticados com simplicidade. Ainda mais antiga que a linguagem Java, a Python foi lançada há trinta anos, e até hoje é uma das opções mais utilizadas para desenvolvimento web. É uma ótima opção para aqueles que estão começando agora, já que se apresenta como uma linguagem versátil, usual e simples, auxiliando o programador a escrever códigos mais enxutos quando comparados às outras linguagens.

Também direcionada a objetos, a linguagem Python ainda é muito comum no desenvolvimento dos web apps, como o Instagram e o Pinterest, por exemplo. Entretanto, um de seus diferenciais mais interessantes é a sua base em código aberto, o que a faz ser muito utilizada e privilegiada entre os desenvolvedores do mercado alternativo de games.

C++

Não é novidade que a linguagem C++ também figura entre as mais utilizadas pelos desenvolvedores. A sua fama é fruto da sua proximidade com a Linguagem C, na qual foi inicialmente baseada, e do seu aprimoramento focado na orientação de objetos. Hoje, a C++ apresenta uma enorme variedade de códigos e grande flexibilidade, característica que reforça o cuidado necessário na hora de programar com ela.

A linguagem é uma boa opção para o desenvolvimento de jogos, uma vez que já foi utilizada em projetos amplamente conhecidos, como God of War ou mesmo o querido Snake. Ainda, é possível encontrar algumas bibliotecas de C++ voltadas especialmente para esse tema, o que pode ser especialmente interessante para os programadores que estão dando os primeiros passos na criação de um novo game.

Objective-C

Enquanto a linguagem C++ era amplamente utilizada para o desenvolvimento de aplicações voltadas aos mais diversos sistemas, a Objective-C era a melhor escolha para programar os apps e games feitos para rodar nos sistemas iOS e MacOS X. Essa linguagem é considerada nativa das plataformas Apple e é um pouquinho diversa e específica quando comparada às outras linguagens utilizadas usualmente.

Também orientada a objetos, a Objective-C suporta polimorfismo, posing, categorias e outros recursos interessantes para os projetos de novos games.  No entanto, uma particularidade relevante – e capaz de desestimular alguns desenvolvedores – é que para programar um app com ObjC com foco em sistemas iOS, é necessário usar um computador Mac e o seu IDE específico, chamado XCode.

C#

Recentemente, a C# chegou ao mercado para competir com as outras linguagens que podem ser utilizadas no desenvolvimento de apps e games para as plataformas Microsoft, como Java, por exemplo. Também orientada por objetos, essa linguagem apresenta funcionalidades interessantes e pode facilmente interagir com outras linguagens dinâmicas. Além disso, a C# apresenta uma rica biblioteca de códigos, incluindo fóruns e recursos gratuitos on-line que são uma ótima opção para o desenvolvimento de jogos estilo 2D.

Swift

Anunciada em 2014 pela Apple, a linguagem Swift é extremamente recente e rompeu com a hegemonia da Objective-C no que diz respeito aos apps que são desenvolvidos para o sistema iOS. A preocupação em elaborar essa nova linguagem relaciona-se com uma maior estabilidade, rapidez e interatividade que esse código proporciona. Entre as suas características, destaca-se o fato de a empresa tê-la transformado em uma linguagem de código aberto, o que influenciou diretamente no interesse dos desenvolvedores que produzem novos aplicativos para esse segmento.

Além disso, a própria empresa vem reunindo esforços e proporcionando iniciativas voltadas ao exercício e à  popularização da Swift. Para aqueles que estão começando no mundo da programação, a Apple disponibilizou o Swift Playground, um aplicativo que ensina os princípios do código e permite que o usuário aprenda testando. Já para os desenvolvedores mais avançados, é possível encontrar uma série de guias e apostilas no site da marca – mas é imprescindível um bom conhecimento  da língua inglesa.

E aí, percebeu como as linguagens de programação possuem características diferentes para cada sistema e projeto? O importante é se especializar e conhecer ao máximo as funções da linguagem que mais se adequa a sua ideia e, claro, ao seu dia a dia profissional. Por isso, não deixe de estudar, ok? 🙂

Related Post

Leave a Comment